Minha história de como virei borboleta!

 

11061990_946583982020400_3202021516477394952_n

 

Ola queridos e queridas que me visitam hoje! Estou aqui para falar de coisa séria…Vim falar da minha história! Estou repleta de novidades, mas pra começar direitinho todas as minhas novidades e para mostrá-las para vocês, eu queria que vocês conhecessem o meu passado sombrio. Ou não!

Vamos lá!

Eu nasci em Curitiba, em 1992. Eu acredito que eu não era uma criança gordinha, eu era normal. Comia doces apenas quando dava, devido à minha família ter passado um perrengue quando eu era pequena. Ao longo dos anos, meu pai conseguiu um emprego onde nos permitiu ter tudo o que precisávamos. Como resultado disso, comecei a comer tudo o que eu via pela frente. Bolachas, bolos, empadão, coxinha, brigadeiros, nescau e assim vai….Quando cheguei na adolescência, me vi  uma menina fora do peso. A mais gorda das amigas, mais desengonçada pela altura (sempre fui a mais alta) e até os meus seios eram motivo de deboche, por serem grandes demais. Eu sempre tentei fazer acompanhamento com nutricionista, e sempre falhava. Academia, nunca consegui ir mais do que um mês. Falta de comprometimento com a minha saúde, eu sei. Mas eu nunca gostei, nunca consegui.

Em 2010, com 17 anos, entrei no curso para aeromoças. E as minhas professoras me incentivavam a emagrecer para poder exercer a profissão. Então, fui atrás de um remédio inibidor de apetite. E funcionou! Perdi 10kg em alguns meses. Cheguei a pesar 76kg, com 1,75m de altura, quando antes, eu pesava 86kg.

Nesse período, eu conheci meu namorado atual, que me conheceu magra até. Começamos a namorar em 2011. Ao passar dos anos, fui engordando tudo o que eu havia perdido com o remédio, mais do que isso, eu engordei VINTE QUILOS. Fui para 96kg.

Eu mesma, sabia que eu estava gorda, mas nunca, jamais achei que eu estava imensa. Usava manequim tam 48. Eu vivia triste, sempre mau humorada e coitado do meu namorado que ficou comigo e me ajudou a passar por tudo isso! haha Eu sempre gostei de me vestir bem e tentava fazer isso mesmo sendo acima do peso.

Até que, em 2014, minha mãe me veio com uma sugestão que quis sair correndo pra outro mundo: Cirurgia Bariátrica.

A princípio, foi um “auê” aqui em casa. Me revoltei demais, porque como eu disse, eu nao me achava tão gorda, e na minha cabeça, apenas as pessoas gordas e super obesas faziam essa cirurgia, mas daquelas que já nem conseguem andar direito ou tem problemas de saúde. Achei que minha mãe estava pirando!

Mas após algumas semanas digerindo a sugestão da minha mãe, e algumas pesquisas e conversas com pessoas que fizeram também, eu comecei a ver que não era bem do jeito que eu pensava. Vi que era uma maneira de começar de novo, começar do zero. De mudar meus hábitos.

Decidimos fazer! Procuramos um médico, e escolhemos por indicação, o Dr Giorgio Baretta. Ele atende em Curitiba, e quem quiser, posso até passar o contato dele. Ele foi incrível! Nos explicou tudo certinho, me incentivou com a decisão e me disse qual era o melhor método para mim: SLEEVE. Nesse método, na cirurgia, é cortado um grande pedaço do estômago, deixando o estomago como um tubinho, com capacidade máxima para 50ml. Eu topei! Fui com tudo! Fiz todos os exames necessários e deu tudo certo. Contei apenas para pessoas próximas à mim e marquei a cirurgia.

Fui para o hospital no dia 09/07/14, pesando 99kg, manequim 48, calçando 39. Correu tudo muito bem durante a cirurgia, que foi por vídeo, portanto fiquei apenas com alguns cortes mínimos, que posso chamar hoje de “marcas de guerra”. Acordei da anestesia com muita dor no estômago, fui para o quarto percebendo que parecia que me faltava algo. Passei três dias no hospital, era o combinado para a minha recuperação. No terceiro dia, ainda no hospital, já pude começar com a danada da dieta líquida, que tem duração de duas semanas/15 dias. Não via a hora de ir pra casa começar a minha recuperação!

A dieta liquida judiava, eu não sentia fome, mas sentia muita vontade de comer o que as pessoas ao meu redor estavam comendo. Eu ficava 90% do tempo no meu quarto, fora as horas de caminhada que eu devia fazer para ajudar na recuperação, e mesmo assim eu sentia vontade de comer o que meus pais estavam comendo na cozinha. Coitada da minha mãe, que não podia fazer nada para comer em casa porque eu reclamava de vontade. HAHA Eu simplesmente só podia tomar água, chá, o “suco” ou molho das sopas e gelatina durante 15 loooooongos dias! nesses primeiros 15 dias, não me lembro exatamente, mas perdi 7kg!

Passada a dieta liquida, era a vez da dieta pastosa, que me permitia comer sopas batidas em liquidificador, iogurtes, gelatinas, agua, e chá. Essa foi um pouco mais sofrida, porque as sopas eram ruins e a vontade de comer coisas normais só aumentava. O primeiro mês foi o mais difícil de todos! Mas te digo que eu passaria TUDO DE NOVO, e que cada vontade e sofrimento valem muito à pena!

Após a dieta pastosa, a minha nutricionista liberou para comer carnes em pedaços minúsculos, purê de batatas, macarrão de sopa (aquele bem fininho) e legumes cozidos. Eu estava morrendo de saudades de comer coisas normais haha! Cheguei em casa e minha mãe me preparou purê com carne moída que ficou uma delícia!! A minha comida cabia em um copinho de café. Eu fui instruída a nunca comer mais do que eu sentir necessário, para não dilatar o estômago. Mas claro que o estômago dilata, mas o importante é não deixar crescer muito para você comer sempre pouquinho para sempre (:

O segundo mês ja tinha voltado a comer normal, eu comia bastante salada com carne, pois n´ps bariátricos, necessitamos muito mais da carne (proteína) do que da salada. Somos instruídos a comer primeiro a carne e depois a salada, se couber.

Aprendemos a colocar medida na nossa comida: duas colheres de arroz, uma de feijão e um pedaço pequeno de alguma carne, por exemplo. Comer primeiro a carne, depois a salada/legumes e depois os carboidratos, SE COUBER! Sinceramente mesmo, para falar sobre peso, eu não lembro com exatidão o quanto eu ja havia perdido nos tres primeiros meses, mas se eu não me engano, no mês de novembro (fiz em julho), eu já estava com 76kg novamente, e mais saudável do que nunca! Com seis meses, fui na consulta com o cirurgião para fazer o check up, e estava com 64kg! Perdi 35kg em seis meses!

Hoje eu estou com nove meses de cirurgia, pesando 62kg, com 1,75m, calçado 38 e manequim 38! Estou muito feliz! Estou saudável, e estou com muitos planos para o futuro! Logo logo eu conto aqui no blog para vocês me acompanharem.

Para aqueles que querem saber, eu pequei no quisito da academia, eu fui apenas em dezembro, durante duas semanas pois ja era natal e acabei nao voltando no inicio do ano de 2015 porque minha rotina ficou malucona, estudando e trabalhando durante a semana.

Gente, qualquer pergunta, qualquer comentário, podem se sentir a vontade para fazer! Estou aqui para isso!

Espero que eu tenha inspirado mais lagartinhas a tornarem-se borboletas!

E hoje eu tenho orgulho de dizer que sou paciente bariátrica SIM! E incentivo todos que me perguntam a fazerem o mesmo! É a melhor coisa para quem quer mudar de vida. Eu sei que tem gente que consegue emagrecer fazendo exercício, e acho magnifico isso! Mas eu sei o quanto é difícil e sempre tem alternativas para o seu problema. Eu optei por este método e hoje não me arrependo nem um pouco.

Nao fiquei com pele sobrando em lugar nenhum, porém algumas coisas que eu sempre tive em abundância, desapareceram, como bunda e peito! hahaha mas com isso a gente consegue conviver!

Espero que eu tenha inspirado mais lagartinhas a tornarem-se borboletas!

 

Beijos e esperem por mais novidades!

 

 

 

 

Comente pelo Facebook

Related posts

12 Thoughts to “Minha história de como virei borboleta!”

  1. Que legal vc se abrir assim. Admiro sua coragem. Tenho uma amiga que fez essa cirurgia e esta super bem hoje.

    Eu engordei tb… mas não me arrisco em cirurgia por puro medo. Estou encarando uma vida mais saudável e academia todos os dias. Tenho visto o resultado.

    Parabéns pela conquista!!!

    bjs

    http://ladycatblog1.blogspot.com/

    Responder

  2. maysamways

    Abril 17th, 2015

    Super apoiado! Queria ter essa dedicação 😉

    Responder

  • Uauhhhh! Muitos parabéns pela caminhada e pela força de vontade.
    Desejo-te um mundo de coisas boas. 🙂
    Beijinhos de Portugal,
    http://ofabulosodestinodemariaamelia.pt/

    Responder

  • Oi Mayara, amei o post e de saber um pouco mais sobre sua história, realmente não deve ser muito fácil tomar essa decisão, mas o importante é que valeu a pena! Bjs

    http://www.resenhamania.com.br

    Responder

  • Caramba Mayara, que legal você dividir sua história com tantas meninas que muitas vezes estão na dúvida sobre fazer ou não a cirurgia, afinal, sabemos que quando o assunto é peso existem muitas dúvidas e você esclareceu muitos mitos e verdades. Fico orgulhosa pela sua iniciativa, pela sua nova dieta que acima de tudo trará um bem gigantescooo pra sua saúde. PARABÉNS! 🙂

    Beijos e Pausa pra TPM
    http://www.pausapratpm.com

    Responder

  • Ane

    Olá, tbm fiz cirurgia com Dr. Giorgio (fazem 35 dias), perdi 12 kg. Estou achando um pouco lento, mas adorei sua história. Já estou liberada pra comer de tudo(exceto açúcar, álcool e refrigerante), mas está bem difícil me adaptar. Entalo com a maioria dos alimentos. Espero que essa fase passe logo. Parabéns e obrigada por compartilhar seu sucesso, isso nos da muito animo e força pra continuar. Bjo.

    Responder

  • Que legal, ótimo você abordar esse assunto e da melhor maneira, com naturalidade sem defender causas as “eu amo ser gordinha” ou “vida fitness”, lendo seu texto imaginei a loucura que deve ter sido engordar tudo que tinha emagrecido, mas vc tocou em um ponto “Eu vivia triste, sempre mau humorada”, e achom que esse é o fator crucial para mudanças a insatisfação pessoal.
    Parabéns pela sua dedicação, um beijo.
    http://www.cantinhob.com

    Responder

  • O que faz um rapaz comentando aqui?
    Pois bem, este rapaz que vos fala é o cara mais sortudo do mundo, porque das coisas que o dinheiro não pode comprar, eu tenho muito. Hoje sou o felizardo que acompanhou desde o início à caminhada – dolorosa as vezes – da dona deste blog, a mulher que eu desejo passar o resto dos meus dias tentando fazer os dias dela valerem a pena, nada mais nada menos que a menina que eu vi crescer de tamanho, vi diminuir e vi crescer de novo, mas desta vez em maturidade, me fazendo sentir a cada dia que passa, a necessidade de termos um ao outro somente, para cuidar do que passará a ser nosso, como um lar. Se antes, quando ainda acima do peso, eu era extremamente apaixonado por ela, hoje então eu sou louco de ciúmes – mas controlado – e um eterno apaixonado pela pessoa incrível que me motiva sempre a ir além do que eu quero, só pra nos sentirmos bem e felizes.

    Que seu sucesso e o nosso Amor sejam sempre caminhada, nunca uma linha de chegada.
    Amo você!

    Responder

  • Suelen Goulart

    OMG, que historia! Fico muito feliz por você ter se tornado uma linda borboleta, e estar incentivando varias lagartinhas! Muito sucesso :*

    Responder

  • Letícia

    Mayara…. também vou fazer com o Dr.Giorgio. Que alegria. Logo volto aqui pra te fazer perguntas se tiver dúvidas.

    Obrigada por compartilhar… Beijo

    Responder

  • Sometimes, the most effective posts are not the most popular, but that is great in my own book.

    Responder

  • […] alguém quiser saber mais da minha história, podem acessar estes dois post aqui: Minha História de Como Virei Borboleta / Um Ano de […]

  • Leave a Comment