Abdominoplastia – Plástica reparadora da Bariátrica.

UAU! Quanto tempo minha gente! eu sumi, né? ): Gostaria que o tempo não tivesse passado tão rápido…muita coisa aconteceu desde o último post…claro que eu gostaria de começar a contar tudo pra vocês de uma vez só, mas irei com calma! Tenho coisas boas (muito boas) e coisa ruins para contar…mas quero contar tudo com mais detalhes, por isso farei tudo fracionado, em outras postagens.

Vou “começar do começo”…

Hoje vim falar como foi a minha abdominoplastia! Que fiz no final de janeiro de 2016! SIM, ja faz tempo que eu fiz mas não fiz post contando como foi por pura falta de tempo! Confesso que tenho poucas fotos para mostrar para vocês. Mas vou contar como foi.

1º – Decidir qual médico iria realizar a cirurgia.

Bom, primeiro passo foi tomado, que foi decidir fazer a cirurgia reparadora. Por lei, os planos de saúde devem dar (pelo menos) a abdominoplastia para pacientes bariátricos. Na época que eu fiz, era apenas a abdominoplastia, mas pelo que vi, essa semana (final de nov/2016) saiu uma lei que eles devem dar as reparadoras para os pacientes, ou seja, se precisar reparar a barriga, as mamas, braços e pernas, eles devem dar sim, com ordem médica, claro. Enfim, quando decidi fazer a plástica, não quis contar para ninguém, a não ser as pessoas próximas de mim. Fiz consulta com dois cirurgiões, o indicado pelo meu cirurgião bariátrico e um outro que foi indicação por uma clinica aqui de Curitiba. Se alguém quiser, posso passar os dados, mas agora não vem ao caso. 😛

Lembrando que é indicado somente realizar a reparadora somente 1 ano e meio após a realização da bariátrica. (:

2º – Marcar a data da Cirurgia

Como realizei pelo plano de saúde, precisei esperar a liberação, efetuar todos os pagamentos de instrumentação devidos.
Eu decidi realizar somente a plastica abdominal. Não quis fazer os seios, nem colocar silicone, mas na época, foi somente por medo da recuperação pós-cirurgica, além do valor alto da cirurgia, né? Pois o plano nao cobria. Ok, cirurgia marcada para dia 29/01/2016! Eu deveria ir dois dias antes da cirurgia no consultório para fazer as marcações. e então era só me preparar psicologicamente haha

Preciso dizer que eu estava com MUITO mais medo desta cirurgia do que da bariátrica. Fiquei com muito medo da recuperação. Mas fui né!

3º – Dia da Ciruriga

Chegou o dia da dita cuja! Levantei cedo, fui pro hospital, entrei no quarto, coloquei a camisolinha comprometedora….e aí começou a bater o maior nervosismo da vida! Porque, digamos que eu não tinha muita necessidade de fazer a plástica, eu tinha pouca pele, porém eu sonhava tem ter uma barriga bonita. Pois mesmo magra, eu ainda tinha vergonha da minha barriga.
Estava com bastante medo da anestesia também, que foi pele dural! Mas esta foi tranquila, me deram algo que me deu bastante sono, me sentaram na maca e então só senti uma picadinha! haha mas confesso que eu estava com muito medo da anestesia também hahaha!

Bom, quando acordei no centro cirúrgico, ja estava tudo bem, fui direto pro quarto, eu estava bem acordada, sem dores, tudo bem tranquilo!
Fiquei com catéter para urinar por dois dias, pois não podia levantar da cama para ir ao banheiro.
Fui para casa, pra descobrir que é super tranquilo a recuperação. Lógico que precisa ter paciência, como toda recuperação. Não podia ficar ereta, andar devagarinho, tomar banho sentada e com ajuda de alguém, sempre levantar de ladinho….mas em comparação com a bariátrica, foi bem mais tranquilo! Só era ruim pra dormir, e usar a cinta por mais três meses, mesmo depois de bem sarada a cicatriz, mas o resto, da pra tirar de letra 😉

Fui tirando fotos dia a dia, mas infelizmente as perdi :/
Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado do post! Qualquer coisa, me perguntem e vocês ja sabem onde me encontrar nas redes sociais, né?

Facebook & Instagram são as que mais uso 😉

Beijinhos!!

 

Comente pelo Facebook

Related posts

Leave a Comment